Notícias de Caruaru e Região

[Assista] Tráfico de mulheres, candomblé, prostituição, nazismo. Tudo isso é abordado por Whisner Fraga no “Acontece nos livros”.

Neste vídeo, Whisner Fraga comenta o romance "O filho de Osum", de Decio Zylbersztajn e lê um trecho da obra.

Whisner fraga
Whisner fraga

O filho de Osum é um romance histórico que retrata a cultura afro-brasileira e a imigração judaica no bairro paulistano do Bom Retiro, na década de 1950. O protagonista, Jos, filho de um professor judeu e líder da resistência holandesa durante a ocupação alemã, conhece Preta Lina ao imigrar para o Brasil.

Lina é empregada em um puteiro no bairro do Bom Retiro, filha de Oxum, e lhe oferece proteção por identificar nele traços desse mesmo Orixá. Jos, porém, se envolve com o crime e passa a explorador de prostitutas.

Ele acaba por perder a proteção de Oxum e retorna à Holanda. O ‘espelho de Oxum’ é um elemento simbólico no romance, que reflete a vaidade e a ambição de Jos. De volta à Holanda, ele encara seu destino mirando-se em um espelho.

Mais sobre o autor do romance “O filho de Osum”

Decio Zylbersztajn
Decio Zylbersztajn

Décio Zylbersztajn é agrônomo, professor titular da Universidade de São Paulo (USP) e escritor. Em sua carreira acadêmica, escreveu vários livros sobre economia das organizações e orientou dezenas de mestres e doutores.

Além do romance em questão, Zylbersztajn já publicou obras literárias ‘Como são cativantes os Jardins de Berlim’ e ‘Acerba dor’, ambos também pela Editora Reformatório.

Recebeu a medalha do mérito científico do Governo do Estado de São Paulo e foi escolhido como agrônomo do ano em 2018.

Na música, atua no Duo Vereda Violeira, que cultiva a música brasileira raiz, e mantém programa social que leva música ao público idoso.

É curador do Além da Letra – festa literária de Gonçalves, Minas Gerais – e organizador de clube de leitura da mesma cidade.

Assista:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.