Notícias de Caruaru e Região

‘Recife Assombrado’ [Filme com cenas gravadas em Caruaru e Bezerros] chega aos cinemas em novembro

A obra leva para as telas uma trama que envolve famosas lendas urbanas da capital pernambucana.

Cartaz do filme 'Recife Assombrado' — Foto: Divulgação
Cartaz do filme ‘Recife Assombrado’ — Foto: Divulgação

Com cenas gravadas em Caruaru e Bezerros, no Agreste de Pernambuco, o filme “Recife Assombrado” vai chegar aos cinemas no dia 21 de novembro. O longa metragem teve direção de Adriano Portela e produção da Viu Cine.

Com a presença de Daniel Rocha, Marcio Fecher, Germano Haiut, Pedro Malta e Rayza Alcântara no elenco, a obra leva para as telas uma trama que envolve famosas lendas urbanas da capital pernambucana, como perna cabeluda, papa-figo e galega de Santo Amaro.

O longa conta a história de Hermano, que, diante do misterioso desaparecimento de seu irmão, Vinícius, precisará encarar os seus traumas do passado e retornar ao Recife, local que foi obrigado a abandonar 20 anos atrás.

Neste processo, ele enfrenta problemas vinculados ao passado da família e descobre uma cidade que, ao anoitecer, fica assustadora. Em meio a busca pelo irmão, Hermano se depara com assombrações do imaginário recifense.

“Temos como referência os livros de Gilberto Freyre, Carneiro Vilela, Roberto Beltrão e André Balaio, que até são nossos colaboradores. Nos congressos, notava que havia muita coisa sobre estas assombrações e terror na literatura, na história em quadrinhos e nada no cinema. Fizemos uma pesquisa e percebemos que o público de Pernambuco tem interesse por suspense e, no entanto, temos pouca produção deste gênero por aqui”, analisou Adriano Portela.

O filme também tem cenas gravadas no Agreste de Pernambuco. As cidades de Bezerros e Caruaru se transformaram em set de gravações. “A ideia foi mostrar que a cultura da assombração é forte em todo o estado e não apenas na capital. Muitos pernambucanos vão conseguir se enxergar em algumas lendas urbanas mostradas no filme”, disse o roteirista, Ulisses Brandão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.