Notícias de Caruaru e Região

Briga de primos por causa de uma dose de cachaça e uma carteira de cigarros termina em tragédia

Polícia - briga de primos
.

Faleceu na tarde desta terça-feira (17), no Sítio Vasco, as margens da BR 232, na zona rural de Caruaru, Edilson Soares da Silva, conhecido como “Disso” de 40 anos, que trabalhava numa pedreira. Ele estava bebendo com um primo identificado por Jailson, tendo se desentendido, entraram em vias de fato e quando os vizinhos foram ver do que se tratava encontraram o Edilson caído e desacordado, o Samu foi acionado, mas quando chegou o “Disso” já estava em óbito.

Edilson Soares da Silva
Edilson Soares da Silva

A prima da vítima, Maria de Fátima, disse que a vítima estava bebendo no barzinho dela com o primo e de repente saíram e acabaram brigando e depois ela recebeu um telefonema do Jailson confessando que teria agredido o primo e perguntando como ele estava e mesmo sabendo que o primo estava morto ela falou que estava recebendo o atendimento médico do Samu. Segundo ela eles brigaram por conta de uma dose de aguardente e uma carteira de cigarro.

O Samu foi acionado, mas já encontrou Edilson sem vida
O Samu foi acionado, mas já encontrou Edilson sem vida

O delegado chefe da GCOI – Gerência de Controle Operacional da Dinter-1, Dr. Bruno Vital, está de plantão na DEAH – Divisão Especial de Apuração de Homicídios e fez questão de acompanhar a perícia realizada pelo IC – Instituto de Criminalística, que não encontrou nenhuma lesão aparente e por isso o corpo foi encaminhado para o IML como “Morte a Esclarecer” e só o Exame Tanatoscópico será conclusivo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.