Notícias de Caruaru e Região

Rodrigo Pinheiro pode não ser o candidato de Raquel nas próximas eleições.

Na foto: O Vice prefeito Rodrigo Pinheiro
Rodrigo Pinheiro

O comentário que mais se ouve nos corredores do Palácio Jaime Nejain é que o vice Rodrigo Pinheiro pode ser o indicado de Raquel Lyra para disputar a majoritária daqui a quatro anos.

Mas, o que “os comentaristas” dos corredores do palácio Jaime Nejain não sabem é que: Se Raquel Lyra sair candidata ao governo de Pernambuco quem assume é o vice Rodrigo Pinheiro e por causa desse detalhe, caso venha a acontecer, ele estará impedido de concorrer a um novo mandato de prefeito.

Rodrigo só poderá concorrer à prefeito de Caruaru se Raquel permanecer no mandato até o fim. Se ela sair, ele perde o direito. Isso porque a resolução do TRE diz que aquele que se elegeu como vice-prefeito e passou a ser prefeito, ele deverá renunciar ao mandato seis meses antes do pleito para concorrer novamente a vice-prefeito, mas se ocorreu durante seu segundo mandato como vice, ele não poderá mais se candidatar ao cargo.

O vice-prefeito que estiver exercendo segundo mandato consecutivo pode concorrer ao cargo de prefeito numa terceira eleição, sendo que, se ele (como vice) substituiu o titular nos seis meses anteriores à eleição, não poderá, posteriormente, se reeleger como prefeito (Res.-TSE nº 22.757/DF).

É bomba!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.