Notícias de Caruaru e Região

Delegado Alexandre Veras vai investigar possíveis irregularidades na aplicação de vacina em Jupi

Fotógrafo fura fila da prefeitura de jupi
Fotógrafo fura fila da prefeitura de jupi

A Polícia Civil abriu uma investigação para identificar se há indícios de crime envolvendo servidores públicos que teriam aplicado vacinas contra a Covid-19 em pessoas que não faziam parte grupo prioritário estabelecido no Plano Nacional de Imunização.

Vídeos, divulgados na última terça-feira (19), mostraram o caso de um fotógrafo da Prefeitura de Jupi recebendo o imunizante. O delegado de Calçados, no Agreste, Alexandre Veras solicitou a prefeitura de Jupi a lista de todos os servidores que ministraram a vacina por meio de ofício.

“Instaurei um procedimento preliminar e estou aguardando a relação com os nomes dos servidores, que serão chamados para ser ouvidos. Pretendo começar ainda nesta semana. A partir daí vão surgindo informações e poderei saber se há indícios de crimes, como por exemplo o abuso de autoridade por parte dos agentes de saúde. Mas ainda estamos no começo”, explicou o delegado.

Investigação

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) anunciou que vai fiscalizar a aplicação das vacinas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.