Notícias de Caruaru e Região

Moradores do bairro João Mota protestam contra ordem de desapropriação para Via Parque

João Mota - protesto - desapropriação
.

Moradores do bairro João Mota fizeram um protesto na manhã desta segunda-feira (11), em Caruaru.

A manifestação foi contra ordem de desapropriação que receberam da Prefeitura de Caruaru, que pretende realizar uma obra do projeto Via Parque no local. As pessoas atearam fogo em pneus.

Por outro lado, outros moradores entendem que uma obra de mobilidade urbana, como a via Parque, é necessária e vai valorizar o bairro. Eles entendem, também, que a maioria dessas desapropriações são imóveis irregulares. Construídos, muitas vezes, em terrenos da prefeitura ou da Rede ferroviária S.A (Refesa).

Em 2015, uma decisão da Justiça Federal em Pernambuco (JFPE), que deu sentença favorável à empresa Transnordestina Logística S/A (TLSA), detentora da concessão da malha para que as famílias que construíram casas às margens da linha Férrea fossem despejadas para reintegração de posse.

Moradores estão há oito anos no local e querem ser ressarcidos (Foto: Reprodução/ TV Asa Branca)
.

Em junho de 2014, as famílias receberam um mandado de reintegração de posse e teriam de obedecê-lo em três meses. Segundo a assessoria de imprensa da JFPE, em setembro a Defensoria Pública da União conseguiu “a suspensão do processo pelo prazo de 180 dias, a fim de se encontrar uma solução amigável.

A autora [TLSA], então, agravou desta decisão, tendo o TRF da 5ª Região dado provimento ao agravo determinando o cumprimento imediato da sentença em acórdão datado de 18/11/2014. Assim, em 11/12/2014, foi proferida nova decisão determinando o cumprimento do referido acórdão”. Desde então, o caso vem rolando na justiça sem uma decisão definitiva.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.