Notícias de Caruaru e Região

Enfermeira é presa após fazer empréstimos com documentos de paciente em UTI

A enfermeira foi presa no Ceará (Reprodução/UOL)
A enfermeira foi presa no Ceará (Reprodução/UOL)

Uma enfermeira foi presa na cidade de Icó, no Ceará, por fazer empréstimos e compras usando o nome de pacientes da UTI de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A profissional, de 35 anos, já era investigada pela polícia por estelionato e foi pega em flagrante enquanto realizava o novo golpe.

O delegado Glauber Ferreira, titular da delegacia de Icó, afirmou que a enfermeira chegou a tirar R$ 3,6 mil em empréstimos usando os os documentos de uma das vítimas e comprou produtos em nome outra paciente.

“Uma paciente que ficou na UTI com suspeita de Covid-19 nos procurou. Ela achou estranho um empréstimo consignado de R$ 3,6 mil que apareceu na conta dela justamente na época que estava internada”, disse o investigador ao UOL.

Investigação

O delegado destacou que uma investigação foi aberta e ficou constatado que a enfermeira havia utilizado os documentos para fazer uma operação online. A mulher chegou a fazer fotos com o documento da paciente em mãos.

“Diante dessa situação e da gravidade dos fatos, pedimos o afastamento da enfermeira de suas funções, e começamos a investigar se havia participação de outros funcionários e se havia outras vítimas”, destacou o delegado.

O filho de outra paciente procurou a delegacia denunciando que a mulher teria realizado compras em uma farmácia em nome de uma idosa de 83 anos. O rapaz acionou a polícia.

A mulher já estava afastada do cargo na ocasião do flagrante. A polícia orienta aos pacientes internados na UPA para que fiquem atentos a cobranças indevidas.

Fonte: Ne10 interior

1 comentário
  1. João Luis Greforio e Silva Diz

    Infelizmente, o “golpe” financeiro virou um costume no Brasil. As leis são fracas. E os golpistas são gênios do crime. Temos que exigir do Congresso Nacional que se faça um novo “código penal” para punir com força esses criminosos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.