Notícias de Caruaru e Região

24 anos sem a presença marcante da Princesa Diana – Por Thiago Valeriano

Thiago V. Braga.
Thiago V. Braga.

Lady

Um trágico acidente de carro ceifa a vida daquela que tinha tudo para ser a ‘mulher do século’. Bonita, rica, desejada. Educou-se em boas senão as melhores escolas do Reino Unido. Alma de passarinho. Inclinada para o bem. Assim, se mostrava em público, não raras vezes assediada pela imprensa e pelos olhares curiosos que pareciam engoli-la. Jeito tímido, entregue à leveza do refinamento de ‘dama da côrte’. Estava acima de qualquer suspeita que pudesse dizer o contrário, a respeito da sua pessoa, admirada por alguns, reverenciada por tantos outros. Conselheira do reino!

Diana, Princesa de Gales
Diana, Princesa de Gales

O mundo chorou a sua perda. Todos nós, de forma não excêntrica, vivemos aquele momento de dor. Ela se foi.. De sorriso fácil que por tantas e tantas vezes esteve estampado nas revistas de moda… Uma menina-moça na flor da idade. A pele de pêssego, em contraste com a pouca ou nenhuma maquiagem, exibia a sua formosura, um tanto quanto especial. Sabia, pois, chamar atenção, sem excessos. Beleza inigualável. Nasceu, pois, em berço de ouro, e nessa mesma linhagem se manteve até o fim dos seus dias. Sangue azul. Adulada foi, em pequenos mimos, aqui e ali, endossando a sua posição de princesa. Não disputava com ninguém a lente da câmera, mirada e bem posta ‘sempre’ na sua direção querendo, apenas, ‘chegar mais perto’. Em todas e por todas as vezes era a sensação da festa. Possuía o brilho perolado das próprias joias que usava como adorno. Tudo se acaba, não é mesmo?!

Resta-nos a lembrança imaterial de uma figura feminina cheia de encantos. Veio da nobreza e na nobreza permanece: restos mortais

Deus fez e jogou fora a ‘fôrma’!

Sobre autor :

Thiago Valeriano Braga É formado em Direito pela FMU; Ex-aluno do curso ‘Técnicas de Persuasão’ pela Escola Superior de Publicidade e Marketing (ESPM-Vila Mariana); Membro da Academia de Artes, Letras e Ciências da Ilha do Paquetá (Rio de Janeiro-RJ); Membro da Academia Imperatrizense de Letras (Imperatriz-Ma)

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.