Notícias de Caruaru e Região

Coluna do Dia – Aprendizado e Liberdade – Por professor Kardecky Lima

Professor Kardecky Lima
Professor Kardecky Lima

O Espiritismo aponta, inevitavelmente, para o caminho do autoconhecimento e da libertação.

Cada Casa Espírita tem seu modus operandi de trabalhos e estudos, e é exatamente essa peculiaridade de cada uma, que as tornam interessantes, por não seguirem um modelo único, pré-determinado e inflexível. O Espiritismo é um só, no entanto pode ser interpretado de forma pequena, repetindo fundamentalismos e dogmas das religiões mais tradicionais ou em busca de uma verdadeira expansão consciencial, do descortinar de horizontes, da ressignificação de conceitos engessados ou que precisam de nova conceituação e abertura de possibilidades dentro da própria lógica do avanço dos tempos e a necessidade de novos paradigmas.

O próprio Professor Allan Kardec nunca disse ou escreveu que tudo já foi dito, algo que os próprios Espíritos de alta elevação intelectual e moral também sempre disseram que tudo ao seu tempo, pois não pode o homem saber de todos os informes do plano espiritual de uma vez só. Algo assinalado pelo próprio Jesus, quando disse que falava sobre as coisas do mundo e às vezes não era compreendido, imagina se falasse mais amiúde das coisas do céu. Dentro desta premissa básica, estamos em constante aprendizado e o Espiritismo não é algo que está acabado, ou fechado com os livros da Codificação e algumas obras subsidiárias.

Como qualquer outro grupo de Estudo, o Centro Espírita tem sua linha fundamental de propósitos, adotando algumas temáticas como preferidas para atividades de estudo, pesquisa e trabalhos em geral. Esta linha geralmente é definida pelo seu fundador ou idealizador encarnado, tendo também a influência dos Espíritos desencarnados, que serão os grandes orientadores deste ou daquele núcleo.

A disciplina é algo muito importante em qualquer proposta de aprendizagem espiritual, pois sem humildade e respeito aos coordenadores e facilitadores encarnados e desencarnados do Centro Espírita, estará alguém utilizando-se de revolta ou rebeldia imatura, tendo em vista que não há como escapar de sermos sempre aprendizes, além de que o Centro Espírita não obriga ninguém a participar e permanecer em suas reuniões, e no universo não há como fugir das hierarquias, sejam elas de várias ordens.

Cabe ao buscador espiritual, a sabedoria e o discernimento para seguir aquilo que ele ache mais interessante, democrático e viável para seus intuitos, ou se preferir, aprender a voar por conta própria, como um livre pensador, de certa forma, fora de agrupamentos religiosos, entretanto, nunca desconectado de várias outras pessoas e informações similares e simpáticas num processo natural de sincronicidade e necessidade sempre de troca de saberes.

Por fim podemos refletir que a verdadeira liberdade está justamente na disciplina e não na ausência dela. E na contínua busca por vencermos a nós mesmos, devemos nos afastar do ego como também da falsa humildade e da falsa santidade, encarando frente a frente nossos monstros, causadores de toda escuridão dos nossos passos.

Coluna do Dia - Aprendizado e Liberdade - Por professor Kardecky Lima
.
Sobre o autor

Kardecky Lima é Professor, Terapeuta Holístico e Palestrante Espírita.
(81) 99546-2759 – @kardecky_terapeuta

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.