Notícias de Caruaru e Região

CRIANÇAS NO PARQUE – Por Malude Maciel

Malude Maciel
Malude Maciel

Nada mais óbvio e interessante do que crianças num parque, sendo que desta feita foi mais importante ainda. Soube, pelo DP que em 12 de outubro há dois anos, haveria uma programação cultural no Parque da Jaqueira-Recife –PE. com atividade educativa pelo Dia das Crianças sob o tema: “Festa do Livro no Parque”. Fiquei logo entusiasmada e achando legal prestigiar o evento. Saí de Caruaru com esse objetivo e achei gratificante pelas atividades que ali observei, pelo fluxo de pessoas interessadas nas obras apresentadas, pela presença dos autores disponíveis e acessíveis embaixo dos toldos brancos, paciente e alegremente acolhendo seus atuais e futuros leitores, sendo fotografados e, sobretudo, apoiando a brilhante iniciativa de desenvolver o hábito da leitura desde a infância.

Abro um parêntese para ressaltar e elogiar as placas indicativas do trânsito naquela área, facilitando a localização especialmente dos visitantes, como nós.

O Parque da Jaqueira já é bastante famoso, dispensando comentários, pois, sabe-se que ali são proporcionados lazeres às crianças e adultos num lugar bonito, arborizado, seguro e espaçoso onde se pode ficar em contato com a natureza tranqüilamente. Aquele ambiente natural e preservado é cheio de árvores frondosas em cujas sombras as famílias e os casais apaixonados aproveitam para relaxar, acampar por horas, fazer seu lanche, descansar, conversar ou dormir, sendo um oásis para as criaturas que labutam toda a semana e necessitam de um repouso gostoso nos feriados. Observa-se gente de todas as faixas etárias passeando, brincando e divertindo-se. Há passeios ciclistas, caminhadas ecológicas, pic-nics, etc. Muitas mensagens sobre proteção infantil e ambiental estão à vista.

Nesta ocasião foi planejada uma feira com os seguintes livros direcionados à garotada: O Conto do garoto Que Não É Especial; A Dona Barata (diz que) Foi à Guerra; Anjo De Rua; Roda Moinho; A Cor Da Palavra; Bia Baobá; O Mundo de Uma Menina de Sonhos; O Coelho Sem Cartola e A Cabra Sonhadora. Este último da escritora Luzilá Ferreira que conheci e pedi autógrafo de seu livro para minhas netas Rebecca. Marina, Pétala e Pérola.

Sou daquelas que apreciam esse movimento literário, achando importante primar pela aproximação e convivência do alunado aos exemplares que ajudam na formação moral, intelectual e educação integral dos nossos futuros adolescentes e jovens que precisam de um direcionamento correto em suas preciosas vidas. Em minha amada cidade sou madrinha da Creche Tia Malude- Lions Clube de Caruaru onde também se faz um trabalho edificante com a gurizada ali matriculada e sempre tínhamos extensa programação pelo seu dia. Pena que devido a pandemia desde 2020 não se pode nem se deve fazer aglomerações, e até as aulas ficaram suspensas para evitar transmissão do corona vírus que vem assolando o mundo inteiro com suas mazelas. Porém, em anos anteriores, havia a tradicional festa das crianças na sede do clube e, no dia 19 de outubro comemorava-se o aniversário dessa instituição pioneira nessa especialidade.

Apesar do avanço da vacinação, não há condições de planejamento a curto prazo, a não ser que tudo seja realizado virtualmente.

As comemorações e festas infantis alegram nossos corações e nos dá ânimo e esperança de um mundo melhor.

Que Deus abençoe e proteja as crianças em todo o planeta!

Sobre a autora:

Maria de Lourdes Sousa Maciel se tornou “Malude” porque seus irmãos não sabiam dizer seu nome completo, como sua mãe insistia. Se tornou poetisa, escritora (Reminiscências de Malude em Prosa e Versos foi seu segundo livro publicado. O primeiro livro publicado intitula-se : No Meu Caminho.) é membro da Academia Caruaruense de Cultura, Ciências e Letras – ACACCIL. Ocupa a Cadeira 15, que tem como patrono a Profa. Sinhazinha.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.