Notícias de Caruaru e Região

EDITORIAL: Como lidar com quem promete e não cumpre?

Jornal de Caruaru nova logo
.

Diante dos vários e-mails recebidos de pessoas perguntando da ausência desse ou daquele colunista, ou cronista, o Jornal de caruaru vem, através desse editorial, esclarecer:

Uma hora ou outra, todos nós acabamos nos defrontando com essas situações. Quem nunca ficou aborrecido aguardando uma visita agendada que não aconteceu? Ou com o não cumprimento da entrega dos serviços ou produtos de alguém que você contratou, dentre tantas outras promessas? Como isso é frustrante!

Sim! Sabemos que é bastante frustrante uma pessoa assumir um compromisso conosco, de assinar um artigo semanal com assiduidade de, pelo menos, um ano e depois vir com a justificativa esfarrapada de que não conseguiu escrever o artigo da semana porque está com um parente doente, o trabalho consumiu todo o seu tempo, dentre outras desculpas mais.

Oras bolas! Se você escrever duas linhas por dia, quando chegar no dia da publicação do seu artigo você terá escrito 16 linhas! E isso é impossível de ser feito? Seu cotidiano é árduo o bastante que o impeça de escrever duas linhas por dia?

Infelizmente, aqui no Brasil, parece ter se tornado natural e cultural as pessoas não cumprirem o combinado e ficar tudo por isso mesmo. Reclamar não é algo bem visto por aqui.

Até ligamos várias vezes para a pessoa quando aquilo que foi prometido não está sendo cumprido. E as satisfações são as mais esfarrapadas possíveis. Para nós, do Jornal de Caruaru, essa atitude não nos trás prejuízos nenhum. Trás sim, para os seus leitores, que esperam impacientemente por um novo artigo a cada semana.

Jesus dizia: “que o seu sim seja sim, e que o seu não seja não”. Se você assumiu uma responsabilidade, vá até o final. Mantenha sua palavra, porque ela é preciosa.

Cada vez que sua palavra é honrada por seus gestos, ela se torna mais forte. Quando você dignifica sua relação com os outros, dignifica também sua relação com você.

Os que prometem – e não cumprem – vivem criando problemas para si mesmos. Perdem o respeito próprio, têm vergonha de seus atos. A vida destas pessoas consiste em fugir; elas gastam muito mais energia desonrando a palavra, que os honestos gastam para manter seus compromissos.

Se você assumiu uma responsabilidade boba, que resultará em prejuízo de entusiasmo, tempo e dinheiro, não torne a repetir esta atitude.

Mas, desta vez, honre sua palavra.

É isso….

E tenho dito.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.