Notícias de Caruaru e Região

Meliante tenta assaltar policial e tem seu CPF cancelado em Caruaru

.

Um elemento identificado por Bruno Monteiro Belarmino, vulgo “Contonete” de 19 anos, que morava na Rua da Gaia no bairro José Liberato, foi morto na noite desta quarta-feira (05), ao tentar assaltar um policial na Rua Rivaldo Severino de Paula, no Loteamento Serranópolis, antiga via de acesso ao bairro São José.

Bruno Monteiro Belarmino, vulgo “Contonete”
Bruno Monteiro Belarmino, vulgo “Contonete”

O marginal estava na companhia de um comparsa, tinham assaltado quatro pessoas, inclusive a moto que estavam tinha sido acabado de ser tomada de assalto, o “Contonete” anunciou o assalto ao policial que também estava de moto, como o policial estava armado houve o revide a injusta agressão, houve troca de tiros e o marginal foi baleado e morreu no local.

O marginal estava na companhia de um comparsa
.

O policial e as outras quatro vítimas foram a delegacia para prestarem depoimento, onde o revólver e o capacete usados pelo meliante foram entregues.

Dr. Bruno Vital - delegado
Dr. Bruno Vital – delegado

O delegado chefe da GCOI – Gerencia de Controle Operacional da DINTER-01 – Diretoria Integrada do Interior 1 da Polícia Civil Dr. Bruno Vital, está de plantão da DEAH – Divisão Especial de Apuração de Homicídios, esteve no local e acompanhou atentamente a perícia que foi realizada pelo IC e afirmou que só pode ter uma definição do que de fato aconteceu após finalizados os procedimentos na Divisão de Homicídios.

Em Gravatá

Na madrugada desta quarta-feira, dia 05 de maio de 2021, a GM 4001 do 3° Pelotão do RPMon da Cavalaria da Polícia Militar sediado em Caruaru, realizava rondas na Rua Santa Inês na cidade de Gravatá, quando avistou Marcelo Paulo da Silva, de 22 anos em atitude suspeita, e ao proceder a abordagem foi encontrado em sua posse um invólucro de material vegetal análogo a maconha.

Ao ser indagado o mesmo informou possuir mais substância em sua residência, neste momento foi solicitado o apoio das unidades do GATI e ROCAM da 5ª CIPM para se realizar tal diligência, tendo o indivíduo de livre e espontânea vontade autorizado a entrada do efetivo em sua residência, o imputado apontou o local onde guardava o material, e lá foram encontrados nove quilos e duzentos gramas de maconha; 12 papelotes de mesmo produto prontos para comercialização; uma balança de precisão pequena; uma balança de precisão grande; dois rolos de plástico filme e R$ 343,00 em espécie.

Diante dos fatos, o imputado e o material apreendido foram encaminhados até a Delegacia de Plantão de Vitória de Santo Antão, onde foi lavrado um Alto de Prisão em Flagrante Delito em desfavor do acusado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.