Notícias de Caruaru e Região

Morre homem que sofreu queimaduras de 3º grau após explosão em depósito clandestino com fogos de artifício

Indêndio foi registrado em casa com fogos de artifício em Lajedo — Foto: WhatsApp/TV Asa Branca/Reprodução
Indêndio foi registrado em casa com fogos de artifício em Lajedo — Foto: WhatsApp/TV Asa Branca/Reprodução

Morreu no fim da manhã deste sábado (8) Ednaldo Moisés da Silva, de 57 anos, que sofreu queimaduras de 3º grau após explosão em depósito clandestino com fogos de artifício em Lajedo, no Agreste de Pernambuco.

A vítima estava no Hospital da Restauração, no Recife, e havia passado por uma cirurgia na tarde da sexta (7). Ednaldo estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e não resistiu aos graves ferimentos. A família e a unidade de saúde confirmaram a morte ao Jornal de Caruaru. Ainda não há informações sobre o velório e o enterro.

Uma explosão com fogos de artifício foi registrado em uma casa na manhã desta sexta-feira (7) deixou um homem ferido em Lajedo. O Corpo de Bombeiros de Garanhuns foi até o local.

Fogos de artifício estavam na casa em que o incêndio foi registrado — Foto: Anderson Melo/TV Asa Branca

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que está investigando a explosão, seguida de um incêndio, em um local onde funcionava um depósito clandestino de fogos de artifício. Ainda de acordo com a nota, maiores informações serão esclarecidas ao final das perícias e outras diligências.

Ednaldo Moisés morava embaixo do depósito e deu entrada no Hospital de Lajedo após o acidente. Ele sofreu vários trauma, fraturas expostas no corpo, além de queimaduras de 1º, 2º e 3º graus.

Hospital de Lajedo — Foto: Joab Alves/TV Asa Branca

Defesa Civil

A Defesa Civil de Lajedo informou neste sábado que solicitou a saída das famílias que moram nas casas vizinhas à residência onde ocorreu a explosão. A assistência social do município vai definir o local para onde essas famílias irão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.