Notícias de Caruaru e Região

MP critica Plano Diretor de Caruaru. Bruno Lambreta diz que os trâmites foram seguidos

Câmara de vereadores
Câmara de vereadores de Caruaru

O Plano Diretor de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, está sendo alvo de críticas do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Os promotores de Justiça não concordam com a maneira como foi feito, em 30 dias, no mês de dezembro de 2019. Segundo eles, esse é um prazo insuficiente para encerrar discussões tão importantes.

O promotor Óscar Ricardo Nóbrega esclarece que o Ministério Público quer a anulação do atual Plano Diretor e já entrou com uma ação civil pública contra Prefeitura de Caruaru e a Câmara de Vereadores do município.

Sobre esse pedido de anulação, o MPPE já fez a comunicação oficial à Câmara de Vereadores. Neste casos, a Casa Legislativa foi apenas informada, já que essa é uma questão para ser resolvida entre o Ministério Público de Pernambuco e Prefeitura.

O presidente da Câmara de Vereadores, Bruno Lambreta, do PSDB, era líder do governo em dezembro de 2019. Segundo ele, a aprovação do Plano Diretor seguiu os trâmites dentro da legalidade.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.