Notícias de Caruaru e Região

Covid-19: o que acontece se tomar vacina vencida?

Médico explica se há efeitos colaterais e prejuízos à saúde

Vacinação
Vacinação é a única forma de se imunizar

Recentemente, foi noticiado na mídia, em âmbito nacional, que supostamente mais de 26 mil pessoas teriam tomado doses vencidas da AstraZeneca contra a Covid-19. Este imunizante responde por mais de 57% das doses aplicadas no país, sendo o mais usado no Brasil. Diante disso, surgiram algumas dúvidas sobre a eficácia da vacina vencida quando administrada e quais os efeitos colaterais, esclarecidas pelo médico Amaro Capistrano.

“O risco que existe é o risco de qualquer efeito colateral das vacinas, como já é conhecido da AstraZeneca, da Pfizer, da Coronavac, os efeitos colaterais normais que elas apresentam, de um prurido no braço, de um pouco de dor, às vezes um pouco de febre, o efeito normal que ela teria se estivesse dentro do prazo de validade”, explica o pneumologista, que também ressaltou se há possíveis prejuízos à saúde.

“Com relação a prejuízo para o paciente, o único prejuízo é que ele vai precisar tomar novamente a dose. Essa dose vencida não traz nada de risco, mas também não traz efeito benéfico algum, então essa dose não vai contar. Se ela tivesse sido a primeira dose, quando você tomou a segunda, ela passa a ser a primeira dose e você vai ter que tomar novamente, pois a dose da validade vencida não vale”, conclui.

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.