Notícias de Caruaru e Região

28º FESTIVAL DE CINEMA DE VITÓRIA DIVULGA FILMES SELECIONADOS

Clube do Filme - FCV
.

 

Maior evento de cinema e audiovisual do Espírito Santo, o Festival de Cinema de Vitória chega a sua 28ª edição entre os dias 23 e 28 de novembro de 2021, em formato on-line em função dos protocolos de segurança referentes à pandemia do Covid-19. Foram selecionados 92 filmes, entre longas e curtas-metragens, que serão exibidos em 12 mostras, 11 competitivas e uma fora de competição.

 

Mary Queiroz
Mary Queiroz

Os trabalhos escolhidos pela Comissão de Seleção concorrem ao Troféu Vitória em 32 categorias. A escolha dos vencedores é feita pelas comissões de Júri do Festival, compostas por especialistas e profissionais do cinema, além da votação pelo Júri Popular.

 

Foram selecionados 20 filmes de realizadores negros e negras; 27 filmes dirigidos por mulheres, sendo 05 dirigidos por mulheres negras; 29 filmes com temática de diversidade sexual; além de 09 filmes universitários.

 

Para Lucia Caus, diretora do Festival de Cinema de Vitória, os filmes escolhidos pela Comissão de Seleção representam a pluralidade da produção recente do audiovisual produzido no país. “A curadoria tem um olhar cuidadoso sobre os diversos gêneros da produção cinematográfica brasileira contemporânea.

É sempre um desafio e, ao mesmo tempo, um prazer, dar visibilidade para tantos filmes e ver de perto todo o potencial criativo dos nossos realizadores”.

Mostras

 

Noites de Alface, de Zeca Ferreira, será exibido na 11ª Mostra Competitiva Nacional de Longas. Foto: Divulgação
Noites de Alface, de Zeca Ferreira, será exibido na 11ª Mostra Competitiva Nacional de Longas. Foto: Divulgação

Os filmes escolhidos pela curadoria do festival serão distribuídos em 12 janelas de exibição. Entre elas, estão a 25ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas, com uma seleção de títulos da safra recente do cinema brasileiro; a 11ª Mostra Competitiva Nacional de Longas, que contará com a exibição de seis filmes na competitiva; a 11ª Mostra Quatro Estações, com produções que abordam a temática da diversidade sexual; a 10ª Mostra Foco Capixaba, janela exclusiva para realizadores do Espírito Santo; a 10ª Mostra Corsária, com filmes que apresentam pesquisas de linguagem da estética cinematográfica; a 8ª Mostra Outros Olhares, que propõe a observação da construção de novos mundos a partir de experiências particulares.

 

Duas janelas temáticas completam meia década de exibição este ano: a 6ª Mostra Mulheres no Cinema, sessão com filmes dirigidos exclusivamente por mulheres e que aborda as questões de gênero, valorizando a atuação feminina por trás das câmeras; e a 6ª Mostra Cinema e Negritude, com filmes produzidos exclusivamente por realizadores negros e que tratam das mais diversas narrativas que atravessam a população negra no Brasil.

 

A 5ª Mostra Nacional de Videoclipes, apresenta produções de gênero experimental por excelência e que fundem música e audiovisual; a 4ª Mostra Nacional de Cinema Ambiental, abre espaço para o debate sobre sustentabilidade e questões ambientais. Já a 3ª Mostra Do Outro Lado – Cinema Fantástico traz o terror para o evento. Fora de competição, a 12ª janela do evento é a 4ª Mostra Cinema de Bordas.

Curadoria

Comissão de Seleção do 28º Festival de Cinema de Vitória

A Comissão de Seleção do 28º Festival de Cinema de Vitória é formada por profissionais de reconhecida trajetória no meio audiovisual. São eles: a curadora, cineasta e produtora oriunda do curso de Cinema da UFF, Flavia Candida, o cineasta, escritor e pesquisador na área audiovisual, doutor em Comunicação e Cultura pela UFRJ, e professor do POSCOM, da Ufes, Erly Vieira Jr, e o produtor audiovisual e curador Waldir Segundo (25ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas, 11ª Mostra Quatro Estações, 10ª Mostra Foco Capixaba, 10ª Mostra Corsária, 8ª Mostra Outros Olhares); a produtora cultural e jornalista Leila Bourdoukan e o professor no Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Gilberto Alexandre Sobrinho (11ª Mostra Competitiva Nacional de Longas); a escritora, ilustradora, diretora e roteirista, Saskia Sá, e a educadora e pesquisadora Bárbara Cazé (6ª Mostra Mulheres no Cinema); a curadora, cineasta e produtora oriunda do curso de Cinema da UFF, Flavia Candida, e o professor no Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Gilberto Alexandre Sobrinho (6ª Mostra Cinema e Negritude); o jornalista, publicitário e produtor cultural, Luiz Eduardo Neves, e a mestre em educação pela UERJ e professora dos cursos técnicos em Rádio e TV, Suellen Vasconcelos (5ª Mostra Nacional de Videoclipes); a cineclubista, roteirista, produtora e realizadora de audiovisual Margarete Taqueti, e o cineasta e ambientalista Jefferson de Albuquerque Junior (4ª Mostra de Cinema Ambiental); a escritora, pesquisadora e curadora, Bernadette Lyra (4ª Mostra Cinema de Bordas); e o produtor audiovisual e curador, Waldir Segundo (3ª Mostra Do Outro Lado – Cinema Fantástico).

Sessões Especiais

 

A Matéria Noturna, de Bernard Lessa, é um dos filmes convidados do festival . Foto: Safira Moreira
A Matéria Noturna, de Bernard Lessa, é um dos filmes convidados do festival . Foto: Safira Moreira

Além dos filmes selecionados, o 28º Festival de Cinema de Vitória irá exibir três longas-metragens convidados que serão exibidos fora de competição. Na Sessão Especial de Abertura, no dia 23 de novembro, o público vai conferir o filme Matéria Noturna, de Bernard Lessa. Durante a semana do 28º FCV também será exibido em Sessão Especial o longa-metragem Limiar, de Coraci Ruiz. Fechando a programação, o documentário Espero Que Esta Te Encontre e Que Estejas Bem, de Natara Ney, que será exibido na Sessão Especial de Encerramento.

Online e Gratuito

 

O 28º Festival de Cinema de Vitória segue em formato online. As mostras serão exibidas novamente na plataforma InnSaei.TV, que transmitiu o evento em 2020. “As mostras em formato on-line são uma oportunidade de fomentar ainda mais o acesso às produções de curta e longa-metragem. O espectador tem a possibilidade de assistir aos filmes de qualquer parte do Brasil, o que democratiza ainda mais o acesso”, disse Lucia Caus.

 

Para acessar o site da InnSaei.TV, o espectador precisa realizar um cadastro rápido e gratuito e conferir os filmes selecionados através de diversas telas, como celular, computador, tablet e smart TV. Cada filme ficará disponível durante 24 horas, de acordo com a grade de programação.

 

FILMES SELECIONADOS PARA O 28º FESTIVAL DE CINEMA DE VITÓRIA:

 

Três Graças, de Luana Laux, está entre os selecionados da 25ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas. Foto: Flavia Rabachim
Três Graças, de Luana Laux, está entre os selecionados da 25ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas. Foto: Flavia Rabachim

 

25ª MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL DE CURTAS

 

  • A Cambonagem e o Incêndio Inevitável (Castiel Vitorino Brasileiro e Roger Ghil, DOC, ES, 34’)
  • Ato (Bárbara Paz, FIC, MG, 21’)
  • Três Graças (Luana Laux, FIC, ES, 19’)
  • Faz Vinte Anos (Tati Franklin, EXP, ES, 6’)
  • Bestiário Invisível (Tati Rabelo e Rodrigo Linhales, DOC/EXP, ES, 12’)
  • Calmaria (Leonardo Catapreta, FIC, MG, 24′)
  • Per Capita (Lia Letícia, FIC, PE, 15’)
  • Cercanias/Gatos (Sérgio Andrade, DOC, AM, 15’)
  • Usina – Desejo Contra a Indústria do Medo (Amanda Seraphico, Clarissa Ribeiro e Lorran Dias, FIC, RJ, 16’)
  • O Resto (Pedro Gonçalves Ribeiro, DOC, MG, 21’)
  • Vagalumes (Léo Bittencourt, EXP, RJ, 19’)
  • Hawalari (Cassio Domingos, FIC, GO, 15’)
  • O Barco e o Rio (Bernardo Ale Abinader, FIC, AM, 17’)
  • Gargaú (Bruno Ribeiro, DOC, RJ, 20’)
  • Cinco Fitas (Heraldo de Deus e Vilma Martins, FIC, BA, 15’ )
  • De Vez em Quando eu Ardo (Carlos Segundo, FIC, MG, 15’)
  • Prata (Lucas Melo, EXP, RJ, 21’)
  • Portugal Pequeno (Victor Quintanilha, FIC, RJ, 20’)
  • Coleção Preciosa (Rayssa Coelho e Filipe Gama, DOC, BA, 15’)
  • Praia dos Tempos (Luan Santos, FIC, BA, 11’)
  • Muxarabi (Natália Maia e Samuel Brasileiro, DOC, CE, 18’)
  • Meus Santos Saúdam Teus Santos (Rodrigo Antônio, DOC, PA, 14’)
  • Cenas de Infância (Kimberly Palermo, ANI, RJ, 6’)

 

11ª MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL DE LONGAS

 

Mulher Oceano (Djin Sganzerla, FIC, RJ, 99’)

A Última Cidade (Victor Furtado, FIC, CE, 70’)

Mirador (Bruno Costa, FIC, PR, 95’)

Noites de Alface (Zeca Ferreira, FIC, RJ, 79’)

Máquina do Desejo (Joaquim Castro e Lucas Weglinski, DOC, SP, 110’)

A Mesma Parte de um Homem (Ana Johann, FIC, PR, 99’)

 

11ª MOSTRA QUATRO ESTAÇÕES

 

  • Cacicus (Bruno Cabral e Gabriela Dullius, FIC, RS, 14’)
  • Letícia, Monte Bonito, 04 (Julia Regis, FIC, RS, 19’)
  • O Fio de Ariadne (Mozart Freire e Ton Martins, FIC, CE, 16’)
  • Time de Dois (André Santos, FIC, RN, 11’)
  • O Nascimento de Helena (Rodrigo Almeida, EXP, RN, 11’)
  • Macho Carne (George Pedrosa, EXP, MA, 15’)

 

10ª MOSTRA CORSÁRIA

 

  • Minha Bateria Está Acabando e Está Ficando Tarde (Rubiane Maia e Tom Nóbrega, DOC EXP, ES/SP, 27’)
  • Os Últimos Românticos do Mundo (Henrique Arruda, FIC, PE, 23’)
  • Mormaço (Carol Lima DOC, PE, 11’)
  • Atlântida (Diego Locatelli, EXP, SP, 4’)
  • Presente Maravilha (Jeã Santos, EXP, RJ, 3’)
  • Há um Profeta nas Olaias, Tomem Cuidado! (Lucas Camargo de Barros, DOC, SP, 8’)
  • Todos os Rostos que Amo se Parecem (Davi Mello e Deborah Perrota, FIC, MG, 14’)
  • Casa de um Corpo Gasoso (Bruno Moreno, FIC, PI, 5’)

 

10ª MOSTRA FOCO CAPIXABA

 

  • Uma Noite Sem Lua (Castiel Vitorino Brasileiro, DOC, ES, 27’)
  • Nostalgia (Raphael Araújo, ANI, ES, 1’)
  • Quimera (Luísa Costa Miranda, FIC, ES, 13’)
  • Metamorfose Concreta (Carol Covre, Larissa Barreto e Narjara Portugal, EXP, ES, 3’)
  • Ausência (Ricardo Sá, DOC, ES, 19’)
  • Chamada a Cobrar (Edson Ferreira, FIC, ES, 20’)

 

8ª MOSTRA OUTROS OLHARES

 

  • 1º Turno (Clementino Junior, FIC, RJ, 15’)
  • Ouro Para o Bem do Brasil (Gregory Baltz, DOC, RJ, 17’)
  • A Terra em que se Pisar (Fáuston da Silva, FIC, DF, 24’)
  • A Beleza de Rose (Natal Portela, FIC, CE, 20’)
  • Utopia (Rayane Penha, DOC, AP, 15’)
  • A Balada da Nobre Senhora (Hsu Chien, FIC, RJ, 15’)

 

6ª MOSTRA MULHERES NO CINEMA

 

  • O Peixe (Natasha Jascalevich, EXP, RJ, 11’)
  • Espero o Dia da Nossa Independência (Bruna Carvalho Almeida e Brunna Laboissière, DOC, SP, 21’)
  • Em Caso de Fogo, Pegue o Elevador (Fernanda Reis, FIC, RS, 13’)
  • Fora de Época (Laís Catalano Aranha e Drica Czech, FIC, SP, 13’)

 

6ª MOSTRA CINEMA E NEGRITUDE

 

  • Olhos de Cachoeira (Adler Paz, FIC, BA, 22’)
  • Às Vezes Que Não Estou Lá (Dandara de Morais, FIC, PE, 25’)
  • 25 Anos Sem Asfalto (Fabi Andrade, FIC, SP, 15’)
  • Forrando a Vastidão (Higor Gomes, FIC, MG, 15’)

 

5ª MOSTRA NACIONAL DE VIDEOCLIPES

 

  • Os Cara Tão de Brincadeira, de Matheus Fighera. Artista: Igor Fuchs – 3’12
  • Bruta, de Raymundo Calumby. Artista: Sandyalê – 5’32”
  • Salomé, de Drica Czech e Laís Catalano Aranha. Artista: Naiá Camargo – 3’37”
  • Lockdown, de Rodrigo Herenio Franco. Artista: Carga Pezada – 4’21”
  • Goat Talk. de Diego Capeletti. Artista: AXANT – 2’29”
  • É só me Chamar, de Lucas Sá. Artista: Paolo Ravley – 4’24”
  • The Wolves Are Never Tired, deThais Siqueira. Artista: Luana di Angelo – 2’28”
  • Tá Vendo seu Moço?, de Juliana Segóvia e Pedro Brites. Artista: Karola Nunes – 4’42
  • Ararinha da Viola, de Letícia Pires. Artista: Isis Broken – 3’25”
  • Não Conserve a Dor, de Eduardo Christofoli. Artista: Black Bell Tone – 5’58”
  • Come, de Flora Fiorio. Artista: Dan Abranches e Pe Lopes – 4’09”
  • Flores e Rifles, de Raphael Correa. Artista: Gustavo Rosseb – 4’30
  • BXD Existe, de Pamela Ohnitram. Artista: Xuxu ComXis (feat. Adrielle Vieira & Tiago Tk) – 3’50”
  • Corpo a Corpo, de Jessika Goulart. Artista: Canto Cego – 4’39”
  • Dis-ritmia, de Thais Lima. Artista: Criolina, Estrela Leminski e Téo Ruiz – 5’02”

 

4ª MOSTRA NACIONAL DE CINEMA AMBIENTAL

 

  • Nonna (Maria Augusta Vilalba Nunes, ANI/FIC, SC, 10’)
  • YAÕKWA – Imagem e memória (Rita Carelli e Vincent Carelli, DOC, PE, 21’)
  • Dois Riachôes – Cacau E Liberdade (Fellipe Abreu e Patrícia Moll, DOC, BA, 10’)
  • Tapajós Ameaçado (Thomaz Pedro, DOC, SP, 25’)
  • What About Our Future? (Cláudio Cruz e Jaime Leigh Gianopoulos, DOC, Canadá, 25’)

 

3ª MOSTRA DO OUTRO LADO – CINEMA FANTÁSTICO

 

  • Planta Baixa (Clara Martins Hermeto, FIC, SP, 15’)
  • Jamary (Begê Muniz, FIC, AM, 15’)
  • Nunca Mais Me Vi (Demerson Souza e Laysla Brigatto, ANI, SP, 4’)
  • AR (Marcelo Oliveira e William Oliveira, FIC, PE, 10’)
  • Um Espinho de Marfim (Luis Fernando Bruno, RJ, FIC, 20’)
  • Magnético (Cassemiro Vitorino e Ilka Goldschmidt, DOC, SC, 25’)

 

4ª MOSTRA CINEMA DE BORDA

 

Fora de competição

 

  • Amor Sangue Dor (Magnum Borini, SP, FIC, 11’)
  • A Última Porta (Milton Santos, UF, FIC, 20’)
  • Jogo de Ideias – Claudiney Ferreira entrevista Seu Manoelzinho

 

SESSÕES ESPECIAIS

 

  • Fora de competição

 

SESSÃO ESPECIAL DE ABERTURA

 

  • A Matéria Noturna (Bernard Lessa, DOC, ES, 89′)

 

SESSÃO ESPECIAL

 

  • Limiar (Coraci Ruiz, DOC, SP, 77’)

 

SESSÃO ESPECIAL DE ENCERRAMENTO

 

  • Espero Que Esta Te Encontre e Que Estejas Bem (Natara Ney, DOC, RJ/PE,84′)

 

Ao longo de quase três décadas, o Festival de Cinema de Vitória acompanhou de perto a história do cinema brasileiro. Por todas as sessões, passaram importantes nomes e obras da cinematografia nacional. O Festival também contribuiu para que novos realizadores se lançassem no mundo do cinema, isso se deu por meio de suas atividades de formação, da oferta de uma programação gratuita de filmes inéditos no Espírito Santo e da promoção do contato com realizadores e produtores de outras partes do Brasil.

 

Para mais informações, acesse o site https://festivaldevitoria.com.br/28fv/

 

Fundo_logo_Mary_Queiroz
.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.