Notícias de Caruaru e Região

Malala Yousafzai se casa no Reino Unido

Paquistanesa que ganhou o Nobel da Paz após ser atacada por Talibãs e defender o direito de estudar uniu-se a Asser Malik em pequena cerimônia no Reino Unido.

Malala Yousafzai se casa
Malala Yousafzai se casa

 

A ganhadora do Nobel da Paz Malala Yousafzai anunciou nesta terça-feira (9) nas redes sociais que se casou com o seu noivo Asser Malik numa pequena cerimônia em Birmingham, no Reino Unido.

Casamento de Malala em Birmingham, Reino Unido — Foto: Reprodução/Instragram/Malala
Casamento de Malala em Birmingham, Reino Unido — Foto: Reprodução/Instragram/Malala

 

“Hoje é um dia precioso em minha vida. Asser e eu nos casamos para sermos parceiros para toda a vida. Celebramos uma pequena cerimônia nikkah (casamento islâmico) em casa em Birmingham com nossas famílias. Mandem-nos suas orações. Estamos ansiosos para caminhar juntos a jornada que temos pela frente “, escreveu Malala.

 

Malala se casou no Reino Unido com Asser Malik — Foto: Reprodução/Instagram/Malala
Malala se casou no Reino Unido com Asser Malik — Foto: Reprodução/Instagram/Malala

 

Malik, segundo suas redes sociais, é um empreendedor da área esportiva e trabalha como gerente no Conselho de Críquete do Paquistão.

 

O pai de Malala, Ziauddin Yousafzai, disse em uma rede social que ele e a esposa transbordavam “alegria e gratidão”.

 

“Não há palavras. Toor Pekai e eu estamos transbordando de alegria e gratidão. Alhamdulillah (obrigado, Deus)”

Malala é famosa pela sua militância pelo direito de estudar.

Malala e esposo oficializam casamento em foto de 9 de novembro de 2021 — Foto: Reprodução/Twitter/Malala
Malala e esposo oficializam casamento em foto de 9 de novembro de 2021 — Foto: Reprodução/Twitter/Malala

 

Aos 11 anos ela queria ser uma doutora. Mas a escola que ela frequentava no noroeste do Paquistão foi fechada por militantes do Talibã. Garota, ela virou um símbolo na luta contra o grupo.

 

Em outubro de 2012, quando ela tinha 14, homens mascarados do Talibã entraram em um ônibus cheio de crianças e dispararam tiros na sua cabeça. Duas outras garotas também foram feridas pelos disparos. As três sobreviveram.

O Talibã afirmou que ela representava valores do Ocidente e que ainda tentaria matá-la. Malala e a família se refugiaram na Inglaterra.

Malala e esposo posam ao lado dos pais em foto de casamento em 9 de novembro de 2021 — Foto: Reprodução/Twitter/Malala
Malala e esposo posam ao lado dos pais em foto de casamento em 9 de novembro de 2021 — Foto: Reprodução/Twitter/Malala

 

Em outubro de 2014, o comitê do Nobel anunciou a entrega do prêmio da Paz à Malala “pela sua luta contra a supressão das crianças e jovens e pelo direito de todos à educação”.

 

Ela foi aprovada para estudar filosofia, política e economia na Universidade de Oxford, em 2017. Ela se formou no ano passado.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.