Notícias de Caruaru e Região

Esquerda vence as eleições à presidência do Chile

Gabriel Boric - presidente do Chile
Gabriel Boric – presidente do Chile

Com 68% dos votos apurados no segundo turno da eleição presidencial do Chile, realizado neste domingo, o candidato de extrema-direita José Antonio Kast reconheceu pelo Twitter a derrota ao concorrente de esquerda Gabriel Boric.

Às 20h10, com 99% dos votos computados, Boric tinha 55% dos votos (4,5 milhões de votos); Kast tinha 44% dos votos (3,6 milhões).

Além de ser o presidente eleito mais jovem da história do Chile, aos 35 anos, Boric foi o presidente eleito com mais votos na história do país da América do Sul. Com 8.320.488 votos ao total, a participação dos chilenos no segundo turno das eleições presidenciais foi a maior da história desde a redemocratização do país, em 1988.

Como a política internacional impacta seu bolso e como sair ganhando? Descubra com um curso exclusivo da EXAME.

Os primeiros resultados da votação dos chilenos na Austrália, Nova Zelândia, Coreia e Japão deram a Boric uma vitória retumbante, segundo registros consulares divulgados no Chile.

O nome daquele que sucederá ao conservador Sebastián Piñera em 11 de março de 2022 deve ser conhecido em torno de três horas depois do fechamento das seções eleitorais, que fecharam às 18h locais (também 18h pelo horário de Brasília).

Cerca de 15 milhões de chilenos estavam aptos a ir às urnas neste domingo, 19, para escolher o novo mandatário do país. Mais de 2.500 postos de votação estavam em funcionamento.

As eleições foram consideradas as mais polarizadas desde o retorno do país à democracia, em 1988.

Até a eleição, pesquisas de opinião davam vitória a Boric, com uma vantagem entre 5 a 14 pontos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.