Notícias de Caruaru e Região

Guerreiros de bom Coração. Por Professor Kardecky Lima

Professor Kardecky Lima
Professor Kardecky Lima

Em nossa jornada Terrena, há caminhos e decisões individuais e intransferíveis, que conduzirão nosso destino. Importante é saber, que não somos a tempestade que caiu sobre nós, não somos também, o erro que cometemos, não somos os enganos do nosso passado, mas sobretudo somos aquilo que escolhermos ser de hoje em diante, somos aquilo que somos capazes de produzir, de realizar, de contribuir, para o Universo. A coluna de hoje homenageia os Homens e Mulheres que sabem lutar, em meio ás adversidades e incompreensões.

Ao decorrer da passagem pela Terra, conhecemos inúmeras pessoas, mas poucas irão ficar ao nosso lado, nos momentos em que mais necessitamos, teremos que caminhar sentindo muitas vezes, á desilusão, á covardia, á deslealdade, á indiferença, ás falsas amizades. Os verdadeiros guerreiros, aprendem com duros golpes, que são muito mais fortes do que imaginavam, levantam, seguem a jornada, e guardam a lição extraída.

A incompreensão também faz parte da vida dos guerreiros de bom coração, que sofrem as mais variadas incompreensões, calúnias, injúrias, perseguições, e inveja por parte de muita gente que se incomoda mesmo de longe, com os passos dos guerreiros.

As opiniões, ou pitacos, não solicitados, chegam aos Montes, por pessoas que deveriam cuidar de suas vidas, e perceber que não são nem de longe, exemplos morais, profissionais, nem de Histórias de vida bem sucedidas. Todos querem meter o bedelho onde não são chamados, pouquíssimos querem de fato colaborar.

Todos nós temos o direito de escolher o que é melhor pra nós. Temos o direito de mudar de profissão, temos o direito á buscar algo novo, temos direito de buscar aquilo que nossa alma pede, que nosso coração chama e necessita. Se estamos infelizes, ou não tão felizes em algo, podemos mudar, podemos sair, cada um é que sabe os motivos, às dores, ás cores, os sabores, de seu caminhar.

Muitos não conseguem entender os guerreiros, talvez por não terem condições cognitivas para isso. Outros sempre parecem estar mais preocupados com os guerreiros, do que com suas próprias vidas sem graça. O fato é que guerreiros também choram, como diz Gonzaguinha, mas quando muitos pensam que estão mortos, ou vencidos, ressurgem das cinzas, para vencer quantas batalhas forem preciso, sempre com amor e compaixão.

Reflexão da Semana:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.